Páginas

domingo, 28 de março de 2010

She Wolf


Um lobo sonha
Um lobo luta
Um lobo conquista

Um lobo é solitário por opção
Um lobo não pode ser domesticado
É selvagem e livre por natureza

Todas as noites que se passaram
E ela continuou uivando
Tão agudo, alto e profundo
Um uivo de rendição
Aprendeu a caçar com sua própria força
A se livrar das armadilhas do ser humano cruel
Aprendeu a compartilhar quando passou por diversas matilhas
Aprendeu a respeitar seu inimigo, mas nunca fugir de uma luta
Decidiu viver só
Seguiu seu caminho pelas florestas escuras
E correu
Aprendeu a não se esconder
E mostrando seus dentes afiados adquiriu respeito
Acostumou-se a calar e apenas seguir seus instintos
E novamente uivar quando necessário
Tanta tempestade suportou
Ergueu seus olhos e se apaixonou pela lua que também vivia sozinha
Presenciou muitas alvoradas
Subira nas mais altas montanhas
Habitou em cavernas
Derrotou o medo
Fez-se forte quando era fraca
Apenas aceitou sua natureza
Pois assim iria viver
Para sempre
Sem nunca se entregar

Não se pode entender um lobo, a menos que seja um

2 comentários:

  1. Nossa...Perfeito. Quase quis ser um lobo. Mais sou um felino sujo. É isso o que eu sou.

    ResponderExcluir